segunda-feira, janeiro 30, 2012

terça-feira, janeiro 17, 2012

Fadista Ana Moura

Ana Moura é uma das Fadistas que eu gosto mais, ao visitar o seu site reparei que esteve em digressão por terras Australianas, aqui segue um excerto, e para quem quiser poderá visitar o site, está fantástico.....


fadista Ana Moura, em digressão internacional, abriu o mês de Março em Istambul, onde apresentou o mais recente álbum, “Leva-me aos fados”, mas passou pela cidade australiana de Adelaide.




Em declarações à Lusa, a cantora afirmou que voltar à Turquia é um “especial prazer”, pois considera significativo repetir espaços onde já actuou. “É um sinal de que gostam de me ouvir, já não vão por curiosidade, mas para ouvir o que faço”, disse.



Ana Moura, que desde 15 de Janeiro está em digressão internacional, afirmou que tem recebido “boas críticas aos concertos” nos jornais locais e as “casas têm estado sempre cheias”. “O álbum ‘Leva-me aos fados’ está a ser muito bem aceite, e é curioso que as pessoas, nomeadamente os portugueses residentes no estrangeiro, já conhecem bem as músicas”, acrescentou.


Boa Sorte!!


terça-feira, janeiro 03, 2012

Amália de Filipe La Féria, Lindo

Amália
Cine Casino do Funchal | 1999
      Teatro Politeama
| Abr.2000
Coliseu do Porto
| 2002
      Orleans, Lyon e outras cidades francesas e finalmente o Zenith de Paris
| 2003
      Genebra
| 2003
      Coliseu de Lisboa
|       2004
      Casino Estoril
| Set.2004

      Musical de enorme sucesso baseado na biografia de Amália Rodrigues, escrita por Vítor Pavão dos Santos, e encenado por Filipe La Féria. Estreado em dezembro de 1999 no Cine Casino do Funchal.

O espetáculo foi interpretado por Alexandra (no papel principal de Amália adulta), Liana, Isabel Noronha, Carlos Quintas, Mariema, Henrique Feist, Joel Branco, entre outros, reunindo em palco mais de 50 atores e uma orquestra ao vivo. Narrativa teatralizada da vida do ícone do fado, o espetáculo é uma fulgurante combinação de luz, canções e emoção para o grande público.

      Depois da estreia na Madeira, o espetáculo estreou em Lisboa, em abril de 2000, no Teatro Politeama, onde se tornou um fenómeno de público, com sessões esgotadas durante mais de dois anos. Por esse motivo, posteriormente, o espetáculo correu o país de Norte a Sul em atuações sucessivas de enorme êxito. Inevitavelmente, acabou por fazer uma digressão internacional que passou por países como França e Suiça.

Pode ler mais sobre este espétaculo fabuloso no site de filipelaféria.